15 de nov de 2009

Nostalgia do Futuro

— Você tem nostalgia do futuro?

— Não posso ter nostalgia de algo que ainda não aconteceu.

— Isso é o que você acha. Todos sabemos mais ou menos o que vai nos acontecer, visto que na maior parte das vezes escolhemos nosso futuro. Esse é o truque dos verdadeiros adivinhos.

— Do que você está falando? — disse, aceitando a intimidade.

— Ler o futuro é como jogar xadrez. Um jogador modesto pode prever as próximas duas ou três jogadas que acontecerão no tabuleiro. Um bom, muitas mais. E uma questão de lógica e coerência.

— E você tem sido capaz de prever qual é o caminho que sua partida seguirá.

— Sim. Antes do xeque-mate acontecerão aventuras apaixonantes. Por isso tenho nostalgia do futuro. Vai ser uma maravilha e gostaria de já estar lá.
Trecho do livro: Amor em Minúscula - Francesc Miralles

O único problema nessa lógica toda é se o futuro não é bem como você espera e nesse processo de espera você perdeu o presente... mas eu amo esse livro e recomendo pra quem tiver um gosto parecido com o meu. Só de lembrar dele me dá saudade e vontade de ler de novo.

2 comentários:

  1. sentir antes perde a graça. não que todas as surpresas de nossas vidas sempre são agradáveis, mas as surpreendentes valem as amargas. prever o que vai acontecer de bom nos priva disso, e sobre o que vai acontecer de ruim, você sofre antes, durante e depois..

    ResponderExcluir
  2. ah eu não previ meu futuro direito então
    discordo dessa teoria :)

    beijoos

    ResponderExcluir